Uni-ANHANGUERA



O Egresso do Uni-ANHANGUERA do Curso de Agronomia Saulo Muniz Martins – discente de doutorado do Programa de Pós-Graduação em Genética e Melhoramento de Plantas da Escola de Agronomia/UFG – teve pesquisa derivada de sua tese premiada como o melhor trabalho científico da área no “12º Congresso Brasileiro do Algodão”. Em recompensa, Saulo recebeu um passaporte para participar da “World Cotton Research Conference”, no Egito, em 2020.

O trabalho, destacado pela inovação científica para a cotonicultura, permitiu conhecer a variabilidade genética em caracteres do sistema radicular do algodoeiro, com foco em suas aplicações para o desenvolvimento de cultivares tolerantes à seca. A pesquisa, conduzida em plataforma de rhizotrons, permitiu identificar padrões de crescimento de raízes com maior aptidão para o cultivo do algodoeiro sob condições de deficiência hídrica ou escassez de fósforo. Também possibilitou a identificação de marcas moleculares, em nível de DNA, associadas a tais caracteres; o que facilita e permite antecipar a seleção de genótipos promissores. Artigos científicos derivados da tese estão em fase de submissão e publicação nos periódicos “BMC Plant Biology” e “Scientia Agricola”.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Fonte: https://www.agro.ufg.br/n/119779-aluno-de-doutorado-da-escola-de-agronomia-da-ufg-tem-pesquisa-premiada-no-12-congresso-brasileiro-do-algodao